O que é Gripe H1n1 e como identifica-la

h1h1vacina_mamae_viva_dia_de_alegrias


Existe um gripe que hoje está no topo dos noticiários. Como a mídia televisiva, parece só viver da desgraça aleia, eles transformaram uma doença em uma celebridade televisiva. Só se fala em casos e mais casos dela. Mas o que realmente é a gripe H1n1 e como trata-la pouco se fala. Por este motivo e para a alegrai das mamães resolvi escrever este artigo, Justamente tratando do que realmente é esta gripe, como reconhece-la e como trata-la. A gripe H1N1 (também conhecida como gripe A) provoca sintomas semelhantes ao da gripe comum, como febre, dores no corpo, dor de garganta, tosse e dor de cabeça. Porém os sintomas são muitas vezes mais intensos, surgem de forma repentina e perduram por mais tempo. Esta gripe pode ser contagiosa entre 7 a 10 dias, especialmente até 24 horas depois da febre desaparecer.

Esta gripe, é causada pelo vírus H1N1, por isso o nome gripe H1N1, e também pode ser conhecida como gripe suína, consistindo numa mutação do vírus comum da gripe animal, que se manifesta de uma forma mais agressiva e mais intensa e que se espalha muito mais facilmente entre os seres humanos.

Principais Sintomas da Gripe H1N1

H1N1 folder_mamaes_viva_dias_de_alegria

Os sintomas principais sintomas da gripe H1N1 são muito semelhantes aos de uma gripe comum e, porém de forma mais intensa.

  • Febre acima dos 38 ºC
  • Dores no corpo;
  • Dores de garganta e de cabeça;
  • Tosse;
  • Espirros;
  • Calafrios;
  • Fadiga ou cansaço.

Além de destes sintomas e do mal estar constante, também podem surgir diarreia e alguns vômitos, que acabam passando com o passar do tempo.

Como Saber se é Gripe H1N1?

Apesar dos sintomas da gripe H1N1 serem muito semelhantes ao da gripe comum, estes tendem a ser mais agressivos e intensos, obrigando muitas vezes a ficar de cama e a descansar durante alguns dias, e muitas vezes o seu surgimento não tem qualquer aviso, aparecendo quase repentinamente.

Além disso, a gripe H1N1 é altamente contagiosa, tornando-se muito fácil transmitir para outras pessoas com as quais esteve em contato.

Se existirem suspeitas desta gripe, é recomendado que usar máscara e ir ao médico, para que possam ser realizados os exames que confirmam a presença do vírus.

Tratamento para gripe H1N1

infoh1n1-mamae_viva_dias_de_alegria

O tratamento para a gripe H1N1 é feito com remédios antivirais como Oseltamivir ou Zanamivir e geralmente o tratamento apresenta melhores resultados se for logo iniciado nas primeiras 48 horas após o surgimento dos primeiros sintomas.

Além disso, o médico também pode recomendar remédios para aliviar os sintomas como Paracetamol ou Tylenol, Ibuprofeno, Benegripe, Apracur ou Bisolvon por exemplo, que aliviam sintomas como febre, dor de garganta, tosse ou dores musculares. Mas lembre-se todo medicamento só deve ser usado, sob prescrição médica. Jamais tome remédio sem orientação médica.

Para complementar o tratamento, além dos remédios é também recomendado repousar e manter a hidratação bebendo muita água, não sendo recomendado ir trabalhar, ir para a escola ou frequentar locais com muitas pessoas enquanto está com a gripe e o tratamento também pode sem complementado com remédios naturais como o Xarope de Gengibre. Além disso, para evitar a gripe A e as suas possíveis complicações, está disponível a vacina H1N1 que ajuda a proteger o organismo contra esta gripe.

A gripe A tende evoluir de uma forma muito violenta se não for tratada adequadamente, sendo por isso é muito importante que consulte logo um médico se suspeitar que está com gripe A, pois caso contrário, esta pode causar complicações mais graves como a síndrome da angústia respiratória, pneumonia, falência respiratória ou até mesmo a morte.

Quando tomar a Vacina H1N1 

Para evitar pegar gripe A, está disponível a vacina H1N1 que protege o organismo contra a gripe. Esta vacina é especialmente indicada para alguns grupos de risco que apresentam maiores chances de contrair a gripe, sendo eles:

  • Idosos com mais de 65 anos;
  • Pessoas que têm o sistema imunológico comprometido como portadores de AIDS ou miastenia gravis por exemplo;
  • Portadores de doenças crônicas, como diabéticos, doentes do fígado, coração ou asmáticos, por exemplo;
  • Crianças com menos de 2 anos de idade;
  • Futuras mamães (Mulheres grávidas), pois não podem tomar medicamentos.

Este grupos incluem pessoas que podem ter uma maior tendência para desenvolver gripe H1N1, pois em teoria possuem um sistema imunológico mais frágil.

Como evitar pegar Gripe H1N1

Para evitar pegar gripe A, existem algumas medidas que podem ajudar a impedir o contágio, sendo recomendado que:

  1. Evite locais fechados ou com muitas pessoas;
  2. Lave as mãos regularmente ou use álcool em gel ou loções de desinfecção;
  3. Cobrir sempre o nariz e a boca se precisar de tossir ou espirrar;
  4. Evite a todo o custo o contato com esta gripe ou que apresentem sintomas de gripe como nariz entupido e escorrendo, espirros e tosse.

A principal forma de contágio da gripe H1N1 é por via respiratória, onde apenas é necessário respirar gotículas que contenham o vírus H1N1 para correr o risco de ficar com esta gripe.

Como vimos mamães e futuras mamães, está gripe pode ser fatal de contraída, então mas que nunca, a prevenção é o melhor remédio. Previna-se, evite contrair qualquer que seja a gripe nesta época de epidemia. Principalmente você futura mamãe, gestante. Tome a vacina o mais breve possível. Previna-se sempre, lembre-se que existe uma vida sendo gerada dentro de você que ainda e por muito dependerá exclusivamente dos seus cuidados.

banner_663x110px

 Se você gostou do nosso artigo de um “curti” na nossa pagina do Facebook e deixe seu comentário logo abaixo.

Talvez você se interesse por estes assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *